sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Qual navegador se saiu melhor no Windows 8?

Qual navegador se saiu melhor no Windows 8?

Os navegadores começam a se adaptar ao novo sistema operacional. Qual é capaz de apresentar o melhor desempenho?

Mudando completamente a Tela Inicial
(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo

O Windows 8 ainda está dando os seus primeiros passos. O sistema operacional, há pouco tempo lançado pela Microsoft, ainda traz muita discussão sobre a sua real eficiência e quais são as melhorias de desempenho que ele pode realmente trazer para o seu computador.
Se nesses debates a nova interface do sistema operacional é julgada, a sua interação com o hardware passa por várias avaliações, e a sua capacidade de personalização é colocada em xeque. Mas outro ponto também deve ser levado em consideração: o desempenho dos navegadores de internet no novo Windows 8.
Por mais que não prestemos atenção nesse detalhe, basta um pequeno exercício de pensamento para percebermos que esses programas estão em nossas listas de softwares mais utilizados no dia a dia. Logo, é de suma importância saber como eles estão se saindo no novo sistema operacional da Microsoft.


As individualidades de cada um

Com a chegada do Windows 8, os mais importantes navegadores do mercado também embarcaram nessa onda de novidades. Enquanto alguns trazem uma repaginada no visual, outros apresentam novas ferramentas e suporte a diversos recursos. Confira algumas das principais novidades de cada um.


IE10 – a Microsoft corrigiu os rumos do navegador?

Além dos grandes investimentos no novo sistema operacional, a Microsoft também vem apostando muitas fichas na nova versão do seu navegador, o Internet Explorer 10. A própria companhia trata o programa como uma espécie de recomeço, uma virada de mesa após os fracassos das suas últimas versões.

Internet Explorer 10 só rodará Flash em sites aprovados pela Microsoft

Para tanto, o software conta com novidades muito interessantes. Há cada vez mais ferramentas de suporte às novas tecnologias, principalmente o HTML5. Isso garantiu um desempenho muito mais veloz do que o visto em seu antecessor, o IE9.
O Java também recebe uma abordagem melhorada, bem como a interface do software, que ganhou uma grande alteração visual. Inclusive, isso se deve ao fato de que o Windows 8 (e consequentemente o Internet Explorer 10) também são utilizados em tablets. Ou seja, os seus menus e toda a sua usabilidade também devem ser planejados para os dispositivos sensíveis a toques.
Outra novidade do IE10 vem causando bastante controvérsia. É a chamada DNT (“Do Not Track”, algo como “Não rastreie”). A ferramenta, que já vem ativada por padrão no navegador, funciona como um filtro, não permitindo que os sites peguem informações dos usuários para oferecer ofertas e propagandas personalizadas.


Google Chrome: pensado para quem gosta ou não de novidades

A Google trabalhou firme durante o ano para trazer um navegador totalmente compatível com o novo Windows 8. Pelo que percebemos, a empresa quis não só adaptar o seu programa ao novo ambiente do sistema operacional, mas também manteve características importantes para quem não curte mudanças muito drásticas. Pode-se perceber isso pela opção de você utilizá-lo na nova interface do SO ou então no “modo desktop”.
Outro ponto que merece destaque no Chrome é a sua ferramenta de integração com as contas Google. Por meio dessa opção, você é capaz de realizar um backup das suas senhas e páginas favoritas – uma mão na roda para quem quer migrar do Windows 7 para o Windows 8, pois assim você não perde os seus dados.


A Raposa deve ganhar roupa nova

A versão proprietária do Firefox para o Windows 8 ainda não foi lançada. Atualmente a empresa trabalha em seu desenvolvimento, e quem está curioso para ver como o navegador está ficando pode baixar alguma das últimas versões de testes divulgadas pela companhia. De quebra, você ainda ajuda a identificar bugs e realizar correções.
Novo navegador, cara antiga.

Entre as novidades prometidas para o Firefox “Metro”, estão compatibilidade com sistemas 32-bits (x86) e 64-bits e melhoras significativas no desempenho do navegador. Além disso, ele também deve ganhar uma repaginada, mostrando de forma diferenciada sites mais visitados e os favoritos. Essa adaptação virá para deixar a navegação em tablets mais amigável.


Opera: sempre correndo por fora

Apesar de o Opera ser muito utilizado nos smartphones, o programa não alcança o mesmo sucesso nos computadores. Por isso, a empresa também vem investindo em melhorias significativas para o navegador. Embora os desenvolvedores ainda não tenham lançado nada exclusivo para o Windows 8, as últimas versões do navegador já são totalmente compatíveis com o novo sistema operacional.
Opera pode criar versão do navegador para Retina Display
(Fonte da imagem: (Reprodução/Baixaki)


Entre os destaques do aplicativo, estão todas as facilidades para quem curte redes sociais, como a integração com Facebook e Twitter que permite o compartilhamento fácil de conteúdo nesses sites. Há também serviços como o “Opera Turbo”, que promete navegação mais rápida, e o “Auto Reload”, que recarrega as páginas a cada 30 minutos, trazendo sempre conteúdo atualizado para a tela do seu computador.
Por fim, assim como visto nos programas concorrentes, aqui também são esperadas adaptações visuais, algo que o deixe amigável para os tablets com Windows 8.


Medindo o desempenho

Para descobrir qual dos quatro navegadores apresenta melhor desempenho em várias situações diferentes, nós reunimos alguns testes de benchmark. Contudo, em vez só utilizarmos avaliações realizadas pela nossa redação, resolvemos levar em conta os processos feitos por outros sites internacionais.
Com isso, é possível obter uma ideia mais abrangente, uma vez que servidores, potencial de hardware, programas utilizados e vários outros fatores podem interferir no resultado final. Assim, obter uma média é a maneira mais assertiva de se avaliar os resultados.
Além disso, é importante destacar que utilizamos como principal fonte de dados o trabalho realizado pelo site Tom’s Hardware, que mostrou comparativos muito interessantes sobre o desempenho dos navegadores nos Windows 7 e 8.


FutureMark

A primeira avaliação foi feita por meio do FutureMark Peacekeeper, uma das ferramentas mais populares na hora de se avaliar o desempenho dos navegadores. O programa realiza uma bateria de testes que leva em consideração praticamente todos os fatores que interferem no bom funcionamento do navegador.

Qual navegador se saiu melhor no Windows 8?Futuremark traz resultados positivos para o Chrome (Fonte da imagem: Reprodução/Neowin)

Aqui, o Chrome obteve um desempenho bem superior ao dos seus concorrentes, ultrapassando a faixa dos 3 mil pontos. Em seguida, o Opera obteve o segundo melhor resultado, sendo seguido de perto pelo novo Internet Explorer 10. Apesar de o teste ter sido realizado 6 meses atrás, os valores ainda servem como uma boa referência.

HTML e CSS

É importante falarmos dos testes referentes ao processamento das páginas. Apesar de o HTML ainda ser o mais utilizado, o CSS é cada vez mais adotado, principalmente nos sites mais modernos. Dessa forma, como ambos são bastante populares, é fundamental que o navegador consiga trabalhar bem com os dois.
Qual navegador se saiu melhor no Windows 8? 
HTML e CSS (Fonte da imagem: Reprodução/Toms Hardware)

Nos gráficos, é possível perceber que o Google Chorme novamente obteve o melhor desempenho, com o Firefox atingindo a segunda posição. Vale destacar que, fora o navegador da Raposa, todos os outros mostraram melhorias significativas quando avaliados no novo Windows 8.

HTML5 e Java

Qual navegador se saiu melhor no Windows 8? 
HTML5: IE10 na frente (Fonte da imagem: Reprodução/Toms Hardware)

Já quando o assunto é o processamento do HTML5, o Internet Explorer 10 finalmente consegue superar o Chrome e apresentar um desempenho bem superior. Esse é um dado importante, uma vez que muitas pessoas consideram esse modelo um dos pilares para o futuro da internet.
Qual navegador se saiu melhor no Windows 8? 
No Java, o Chrome volta a ser o melhor (Fonte da imagem: Reprodução/Toms Hardware)

Em contrapartida, nos testes aplicados para avaliar o trabalho com o JavaScript e com o DOM, o Chrome voltou a aparecer na primeira posição, seguido pelo Firefox, que surge em segundo lugar. Já o desempenho do IE10 decepcionou bastante. Perceba que, enquanto o navegador da Google marcou cerca de 1.488 pontos, o da Microsoft não passou dos 541.


Consumo de memória

O consumo de memória dos navegadores é algo extremamente importante. Muitos apontam o crescimento desse gasto por parte do Firefox como um dos motivos que fizeram o programa perder a liderança do mercado nos últimos anos.  Para medir a eficiência nesse sentido, o site Tom’s Hardware aplicou quatro testes diferentes, como abrir e fechar dezenas de abas, explorar ou não o armazenamento em cache, navegar em páginas leves e pesadas, entre outros.

Qual navegador se saiu melhor no Windows 8? 
Opera mostrou consumo muito superior (Fonte da imagem: Reprodução/Toms Hardware)

Aqui, a grande decepção ficou por conta do Opera, que apresentou um gasto extremamente alto durante as avaliações. Os outros navegadores testados mostraram resultados mais equilibrados e, novamente, o Chrome levou o primeiro lugar, seguido por IE10 e Firefox.

Aceleração de hardware

A aceleração de hardware é cada vez mais importante para os navegadores, afinal de contas, as empresas vêm desenvolvendo sites cada vez mais elaborados e cheios de recursos. Por isso, lançar mão de toda a capacidade de processamento do computador é fundamental. Nesse sentido, podemos perceber que todos os navegadores apresentam melhorias significativas trabalhando no Windows 8.
Qual navegador se saiu melhor no Windows 8?            
Melhor aproveitamento de hardware (Fonte da imagem: Reprodução/Toms Hardware)

O Firefox trouxe o melhor desempenho, sendo seguido de perto pelo Internet Explorer 10 – o que empurrou o Chrome para a terceira posição. Nesse sentido, novamente chamou a atenção o rendimento “modesto” do Opera, que ficou muito abaixo dos seus concorrentes e de novo amargou a quarta posição.


Conclusão: o Chrome saiu na frente

O Windows 8 ainda está começando a sua caminhada e muita coisa ainda deve acontecer à medida que o sistema operacional ganhar terreno e conquistar mais usuários. Contudo, para aqueles que já adotaram o novo SO, o Google Chrome aparece com destaque como a melhor alternativa.
Em praticamente todos os testes avaliados o navegador da Google mostrou um desempenho superior ao dos seus concorrentes, superando até mesmo o tão alardeado Internet Explorer 10. Isso mostra que a companhia acertou em investir cedo na adaptação e desenvolvimento do Chrome para o Windows 8.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário